>
Você tem medo de dar certo em algum momento, porque o seu forte é dar errado.
robin and stubb.   (via auroriar)

(Fonte: samilyh)


Passei a maior parte da minha vida tentando não chorar na frente das pessoas que me amavam. Você trinca os dentes. Você olha para cima. Você diz a si mesmo que se eles o virem chorando, aquilo vai magoá-los, e você não vai ser nada mais que uma tristeza na vida deles.
A Culpa é das Estrelas. (via reclinado)

(Fonte: biblioteca-ndo)

Como seguir em frente, se o que eu quero ficou pra trás?
Eu sou o caos. (via capitais)
Na cama, à noite, enquanto penso em meus muitos pecados e em meus defeitos exagerados, fico tão confusa pela quantidade de coisas que tenho que analisar que não sei se rio ou se choro, dependendo do meu humor. Depois durmo com a sensação estranha de que quero ser diferente do que sou, ou de que sou diferente do que quero ser, ou talvez de me comportar diferente do que sou ou do que quero ser.
Minha nossa, agora estou confundindo você também.

O Diário de Anne Frank    (via auroriar)

(Fonte: espeliarmus)

Porque quando você tá indo embora, você sempre olha pra atrás, com cara de arrependida, como se não quisesse fazer aquilo de verdade. E porque quando você fica, você sempre olha pra porta, pra fora, pros outros, como se estivesse ali por obrigação ou perdendo algo importante. Então, não, eu não entendo.
Vinícius Kretek. (via romantizar)

(Fonte: 27-06)

Eu sou sim a pessoa que some, que surta, que vai embora, que aparece do nada, que fica porque quer, que odeia a falta de oxigênio das obrigações, que encurta uma conversa besta, que estende um bom drama, que diz o que ninguém espera e salva uma noite, que estraga uma semana só pelo prazer de ser má e tirar as correntes da cobrança do meu peito. Que acha todo mundo meio feio, meio bobo, meio burro, meio perdido, meio sem alma, meio de plástico, meia bomba. E espera impaciente ser salva por uma metade meio interessante que me tire finalmente essa sensação de perna manca quando ando sozinha por aí, maldizendo a tudo e a todos. Eu só queria ser legal, ser boa, ser leve. Mas dá realmente pra ser assim?
Tati Bernardi.  (via romantizar)

(Fonte: nevoeirar)

Sempre fui um pouco áspero, fechado, sempre tive dificuldade de receber amor.
Caio Fernando Abreu.    (via romantizar)

(Fonte: resigno)

Desculpa, ok? Desculpa se eu não dei o meu melhor. Desculpa se eu fui orgulhoso. Desculpa se às vezes que eu te fiz chorar foram maiores do que as que eu te fiz sorrir. Desculpa se eu sempre fui egoísta e procurei fazer o melhor pra mim esquecendo do que era melhor pra ti. Desculpa se eu desisti… Mas não foi só de nós. Eu desisti de mim também. Desculpa se eu desejei tantas vezes nunca ter te conhecido. Desculpa se nunca me mostrei agradecido por todo o bem que você me proporcionou. Desculpa se eu te ignorei quando tu veio atrás, desculpa se eu não li quando você escreveu, não atendi quando você ligou, não respondi quando você mandou mensagem. Desculpa por ser assim. Desculpa se eu fui irritante. E convencido. Desculpa se eu deixei meu medo impedir que algumas coisas acontecessem. Desculpa minha falta de confiança. Desculpa por me afastar do nada. Desculpa por te ignorar de propósito. Desculpa por fazer algumas coisas com a intenção de te machucar. Desculpa pelas crises de ciúme. Desculpa por ser criança e desculpa pelas infantilidades. Desculpa por descontar em você coisas que não tinham nada a ver. Desculpa por te pedir pra esquecer e depois correr atrás te fazendo lembrar. É tarde, mas eu não ligo. Não muda nada, mas mesmo assim… Desculpa por tudo.
Vinícius Kretek.  (via romantizar)

(Fonte: 27-06)

Me afastei de pessoas que eu mais queria estar perto.
Tati Bernardi.   (via romantizar)

(Fonte: opostos)